Polícia Legislativa do Senado Federal Concurso Previsto

A abertura das inscrições para o concurso de Polícia Legislativa do Senado Federal deve iniciar muito em breve, ainda em 2018. Previsto para ser publicado no ano passado, a tendência é de que o edital não demore até que seja divulgado, levando em conta o alto número de vagas disponíveis no legislativo.

Segundo o relatório geral, liberado em 25 de junho deste ano, há uma alta demanda por novos profissionais nas mais diversas áreas. São 1.258 postos vagas no Senado, sendo 150 deles destinados a Polícia Legislativa. Este pode ser um dos fatores determinantes para a abertura de um novo concurso.

Outro motivo que aproxima a realização de um certame em breve é o espaço de tempo desde que o último concurso selecionou novos agentes legislativos. Ele aconteceu em 2012 e se expirou em julho de 2014. Deste então, nunca mais aconteceu.

Mais do que isso, o Senado precisará convocar um novo concurso para preencher as vagas que serão deixadas por aposentadorias. Somente entre 2014 e 2015, mais de 1.500 funcionários públicos deixaram de trabalhar para o legislativo.

O cenário é favorável, os salários são altos e os benefícios são muitos. Por isso, pode-se esperar uma grande concorrência entre os candidatos, que precisarão estudar muito para conseguir uma das vagas em Brasília (DF), cidade a qual todos os postos são destinados.

 

Qual o trabalho de um Policial Legislativo?

Caso você tenha se interessado pelo concurso, mas ainda não sabe exatamente o que faz um Policial Legislativo do Senado Federal, é simples.

O agente ficará encarregado de realizar atividades que envolvem o policiamento (diurno e noturno) de todas as dependências do Senado Federal, que inclui fiscalizar a entrada e saída de todas as pessoas da casa.

O policial também age como assistente das autoridades do Senado na abertura de inquéritos e realização de investigações.

A Polícia Legislativa ainda tem a missão de proteger qualquer figura importante do Brasil e do mundo enquanto ela está na área de jurisdição do Senado, além de realizar outras tarefas.

Um Policial Legislativo tem 40 horas semanais de jornada de trabalho. Aqueles que forem aprovados se subordinarão ao Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais.

Veja Também:

Quais os requisitos para me tornar um Policial Legislativo?

Como ainda não há um edital publicado, tomaremos por base aquele que definiu as condições mínimas para um concurseiro se candidatar em 2012, ano do último concurso público para a Polícia Legislativa do Senado Federal.

No quesito escolaridade, será exigido no mínimo nível médio, comprovado através de diploma ou certificado, validados por instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Ele ainda exige:

  • Aprovação no concurso público, na forma estabelecida no edital, seus anexos e eventuais retificações;
  • Ter nacionalidade brasileira e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais e, se do sexo masculino, também com as militares;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B” ou superior;
  • Entre outras.

 

Como funciona o processo seletivo?

Ainda tomando como base o último edital do concurso do Senado, o candidato pode esperar cinco etapas de processo seletivo até finalmente conseguir se tornar um Policial Legislativo.

Provas escritas objetivas e discursivas, que inclui redação, prova de aptidão física, avaliação psicológica, investigação social documental e curso de formação são as etapas que definem os escolhidos. Todas elas possuem caráter eliminatório – a primeira também possui caráter classificatório.

A primeira etapa é a única que acontece simultaneamente nas 26 capitais de todos os Estados e no Distrito Federal. Todas as demais etapas serão realizadas em Brasília (DF).

 

O que devo estudar?

Ainda seguindo o edital de 2012, as provas da primeira etapa para Polícia Legislativa do Senado Federal cobram língua portuguesa, noções de informática, conhecimentos gerais e especialidade: Policial Federal Legislativo.

Os assuntos podem mudar, mas geralmente são mantidos. De forma simplificada, confira abaixo o que esperar de cada disciplina:

 

1. Língua Portuguesa

É exigido do candidato leitura, análise e interpretação de texto, sintaxe, pronomes, ortografia, acentuação, emprego da norma culta e redação de texto.

2. Noções de Informática

Domínio em Microsoft Word e Microsoft Excel (conhecimento de suas ferramentas e como aplicá-las), correio eletrônico, conhecimento do software Microsoft Windows e navegação na internet.

3. Conhecimentos Gerais

Elementos da política nacional e internacional do mundo contemporâneo, cultura brasileira, inovações e descobertas, desenvolvimento urbano, meio ambiente, problemas sociais atuais, noções de Direito e administração pública, Constituição Federal, Regimento Interno do Senado Federal e Regimento Comum.

4. Especialidade: Policial Federal Legislativo

Direito constitucional, defesa do estado e das instituições democráticas, administração pública, ordem social, Direito penal, agentes públicos, entre outros.

Esta é a disciplina que mais exige do candidato, afinal, são muitos os regimentos que precisarão ser estudados para o concurso.

 

Informações adicionais

Em 2012, a bancada que organizou a realização do certame foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Na ocasião, foram oferecidos 246 postos para Polícia Legislativa do Senado Federal, mas a quantidade de concurseiros escolhidos foi maior.

Aos novos agentes, o salário inicial foi de R$ 13.833,64, tendo sido reajustado para R$ 17.705,91 (valor que deve ser mantido para este novo edital).

O período de inscrições, o valor da taxa, o conteúdo das provas, a data em que será realizada e a banca organizadora ainda não foram divulgadas. O número de postos também segue sem uma confirmação, mas deve chegar próximo de 150 vagas.

Diversas apostilas estão disponíveis na internet com os mais variados preços. Elas podem ser adquiridas em seus formatos digitais ou físicos. Comece a estudar hoje mesmo!

Polícia Legislativa do Senado Federal Concurso Previsto
5 (100%) 2 votes
Post anterior
Agente de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados
Próximo post
Polícia Legislativa: Concursos 2019
Menu