Os Perigos do TAF (Mortes e Reprovação)

Morte TAF Perigo

Mitos, excesso de confiança, negligência, muitos são os equívocos dos candidatos em um TAF (Teste de Aptidão Física) e que podem se tornar um perigo mortal.

A morte inesperada de Leonardo da Silva Oliveira, 31 anos, durante o Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) interrompeu o sonho do administrador e comoveu parentes e amigos.

Morte no TAF Perigos

Uma parada cardíaca durante a prova de corrida fez tudo mudar e levantou o alerta para essa etapa que, muitas vezes, é negligenciada pelos concurseiros.

Mortes como a de Leonardo não são comuns, mas alguns casos de candidatos que foram para o hospital ou são sumariamente reprovados chamam a atenção pelo grande número.

O problema pode estar relacionado ao curto período de tempo que um candidato se dedica à preparação para o TAF, que, segundo o padrão de muitos cronogramas, ocorre poucas semanas depois do resultado definitivo das provas objetivas e discursivas.

No específico da seleção da PMDF, onde Leonardo faleceu, a organizadora do concurso, Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), informou que foram exatos dois meses.

Nada é Fácil em um Concurso

Existe um mito de que o TAF é super fácil e é apenas uma simples etapa do concurso. A primeira coisa que o público em geral de concursos da carreira policial costumeiramente dizem que o TAF é moleza. Como já estamos cansados de ouvir: “Pô, treinamento físico é mel na chupeta” ou “Vou pegar umas dicas com um amigo que faz academia” e o pior de todos ” Vou procurar no Youtube algumas dicas de treino”

Na prática, essa tal facilidade é um grande mito.

Veja Também:

11 Dicas para Passar no TAF

Em média, 30% dos candidatos são reprovados no TAF e esse índice pode ser bem mais alto em alguns concursos mais concorridos. No último concurso da Polícia Civil do DF 40% foram reprovados e mais de 60% na Polícia Federal. É muita gente perdendo a vaga por bobeira!

Como se preparar corretamente

Segundo profissionais de Educação Física especialistas em TAF, para um adulto que faz atividades regularmente, o tempo mínimo adequado para um bom condicionamento físico é de três meses. Além de uma rotina específica de exercícios, a alimentação também é determinante para um bom resultado.

Esse prazo é bem maior para os sedentários, os que tenham sobrepeso ou sofrem com obesidade.

Entrevistamos alguns profissionais de Educação Física e policiais que aplicam TAF em concursos para te passar dicas específicas para passar no teste, confira no link Dicas TAF

Os Perigos do TAF (Mortes e Reprovação)
5 (100%) 3 votes

Veja Também:

Menu