11 Dicas Profissionais para Passar no Teste de Aptidão Física (TAF)

Teste Fisico TAF Policia

Polícia Federal, PRF, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros…praticamente todos os concursos policiais e militares do Brasil exigem os famosos Testes de Aptidão Física ou mais conhecido como TAF. Os testes são fundamentais para que os candidatos aprovados na prova objetiva possa assumir o tão sonhado cargo.

O problema é que, como quase todo brasileiro, nós sempre deixamos para última hora. Nunca nos preparamos para o TAF com a mesma intensidade que nos dedicamos para a prova.

Além disso, como boa parte dos concurseiros nunca passaram por este tipo teste, algumas dúvidas aparecem no meio do caminho e acabam prejudicando a preparação e os treinamentos.

A verdade é que existem muitos mitos e “abobrinhas” ditas na internet por gente que nunca passou por um teste de aptidão física e acha que, só por ser marombeiro, passaria no TAF. Mentira! Já vi muito “bombadão” tomando couro de magrelo e perdendo vaga por arrogância.

Portanto, se você nunca fez um TAF, tem dúvidas se consegue passar ou se quer garantir que está no caminho certo da aprovação, este artigo é para você!

Confira agora as 11 Dicas Profissionais para passar no TAF e descubra como evitar erros bobos nos Testes de Aptidão Física dos concursos policiais e militares.

Teste Fisico TAF Policia

#1 – Comece Hoje

Um dos principais erros que vejo entre os alunos reprovados é o fato do candidato deixar para se preparar apenas após a notificação da aprovação na prova objetiva do concurso. Pensa comigo: o tempo médio entre a notificação da aprovação na prova objetiva e o TAF é de 3 a 6 semanas.

Esse tempo é super curto para uma preparação ideal.

Agora, imagina o cara que está acima do peso ou nunca foi pra uma academia. Você acha mesmo que consegue? Gente, é sério, tem gente que abusa, começa a correr feito um louco ou faz horas e horas de academia e, quando chega a hora da verdade, erra tudo, ta lesionado, esgotado!

O excesso costuma estar ligado à incidência de lesões, estiramentos, por exemplo, são muito comuns em testes de corrida.

Ao longo dos meus 15 anos aplicando testes de aptidão, posso afirmar pra você que, um tempo razoável de um treinamento físico para concurso é de 10 a 12 semanas. Não adianta querer acelerar as coisas, você só vai conseguir se esgotar antes do TAF.

E quer saber, ver um aluno que tirou um notão na prova e chorar feito criancinha depois de não conseguir fazer um teste de barra fixa é de dar pena e raiva.

Sinto pena pois eu sei o quanto é difícil estudar para uma prova da polícia, mas a raiva é grande em saber que ele também teve tempo para se preparar para o TAF e subestimou os testes.

Não deixe isso acontecer com você, comece hoje!!!

Falando em barra fixa…

#2 – Barra Fixa no TAF

É incrível como as pessoas tem dificuldade com esse exercício. Sem dúvida alguma, a barra é a que mais reprova no TAF. E isso ocorre não só com as meninas, muitos candidatos do sexo masculino reprovam feio na flexão na barra.

É de fundamental importância que você comece a se preparar com antecedência o treinamento correto de barra fixa e um programa de redução da gordura corporal para que seja facilitada a subida na barra.

Dá uma olhadinha no vídeo abaixo:

#3 – Cuide do psicológico

Além de ter uma boa condição física, é claro que você precisará estar suficientemente calmo e concentrado para realizar corretamente os exercícios do teste.

Muita gente sabe fazer o exercício, mas erra por falta de concentração e tem que repetir os movimentos, gerando mais dificuldade do que deveria.

Isso nos leva à próxima dica…

#4 – Faça Simulações

Sabe a importância de resolver vários simulados antes da prova? Então, para o TAF funciona da mesma forma e com a mesma importância.

Quando você já estiver treinando por um tempo para o TAF e sentir que já está adaptado ao treino, faça simulações do TAF que você irá enfrentar! Prepare seu corpo e sua mente como se fosse um dia real de prova.

#5 – Horários de Treino

Evite treinar nos horários em que o Sol esteja muito forte, assim, você evita os efeitos negativos do calor, pois além de você não render no treino, pode passar mal.

Além disso, em cidades com altos índices de umidade relativa do ar, os efeitos com a combinação de alta temperatura podem ser letais devido à baixa capacidade de evaporação do suor e eliminação do calor.

Dê preferência para os treinos no início da manhã ou no final da tarde.

#6 – Treine em grupo

Treinar sozinho pode ser monótono e desestimulante. Se você tiver um amigo, que tenha os mesmos objetivos que você pode ser muito útil.

Há quem reúna grupos de candidatos em uma mesma cidade para realizar atividades físicas conjuntas, dividindo até mesmo os custos com professores de educação física.

Outra alternativa é contratar um profissional que te passe orientações via Skype ou Whatsapp e que estabeleça metas para você realizar todos os dias.

#7 – Excesso de Peso

Um dos maiores fatores que prejudicam a aprovação nos teste de aptidão física é o excesso de peso. O candidato sofre muito mais ao carregar o peso extra do corpo em testes físicos como a corrida de 12 minutos, flexão na barra, abdominal, Shutte Run, meio sugado, etc …

Se você estiver acima do peso, não adianta, é melhor começar uma dieta simples, nada de radicalizar para perder peso em poucos dias. Faça um planejamento e, se possível, procure ajuda profissional.

Ao aliar os exercícios físicos bem planejados com uma alimentação saudável, a redução da gordura corporal facilitará um melhor desempenho.

#8 – Cuide da Alimentação

Se a dica anterior era direcionada aqueles que sofrem com o excesso de peso, a dica de agora serve para todos!

Uma alimentação equilibrada é importante para o sucesso na prova e para sua vida também. Ela fornece os nutrientes (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais) através da ingestão de alimentos para a manutenção da saúde e melhora do desempenho geral.

Os carboidratos (principalmente) e as gorduras fornecem a maior parte da energia para o organismo. Nos dois dias que antecedem a prova devemos aumentar a ingestão de carboidratos e líquidos. O carboidrato é armazenado no músculo e fígado.

Portanto precisamos armazenar a maior quantidade de energia no músculo para ser utilizada durante a prova.

No dia anterior a prova :

  • Evitar a ingestão de alimentos crus, folhosos, japonês, pizza, frituras e bebida alcoólica, evitando desconforto gastrointestinal
  • Ingerir no mínimo dois litros de água durante o dia
  • Fazer de cinco a seis refeições

#9 – Dia Anterior

Dormir bem, não consumir bebida alcoólica em excesso e não realizar qualquer atividade que prejudique seu desempenho durante o TAF são os 3 pilares da véspera do teste.

Procure se alimentar de forma leve, nada de comer aquela feijoada pesada.

Também é importante se atentar com o que irá comer na manhã em que o teste será realizado. Esteja bem hidratado e coma comidas leves – frutas geralmente são indicadas – isso ajuda muito.

#10 – Não Invente

Muito cuidado com as “dicas” de “amigos” e de “especialistas de youtube”. Muitos estão desesperados e leram ou ouviram que comer tal alimento, ou ingerir tal “pílula ou pó mágica” irá fazer “voar” nos testes. Cuidado com os milagres de véspera. Seu organismo pode reagir de forma negativa e você poderá passar mal. Não existe nada que fará seu corpo ter um melhor desempenho do que o treinamento físico regular bem planejado.

Fique esperto também com quem indica esteroides ou suplementos para o dia da prova. Tem muito Youtuber que só quer o seu dinheiro e não está nem aí com você!

#11 – TAF não é competição

Fique relaxado, concentrado e evite comparações. No Teste de Aptidão Física, não importa se você chega em primeiro lugar na corrida, na natação ou se realiza mais flexões e abdominais que os outros candidatos.

A única coisa que importa é atingir o índice exigido no edital, que, no momento da execução do TAF, você já deve saber muito bem.

Ser o primeiro em qualquer exercícios no TAF pode te cansar e fazer com que você interrompa o teste antes do final. Ou, na pior das hipóteses, fazer você reprovar por ter executado um exercício errado.

11 Dicas Profissionais para Passar no Teste de Aptidão Física (TAF)
5 (100%) 9 votes

Veja Também:

Menu